Centro de Apoio NSSC

História

O Centro de Apoio Nossa Senhora do Sagrado Coração, anteriormente denominada “Casa de Meninos Wenceslau Neto”, conhecida também como “GRANJA Escola Wenceslau Neto”, “Associação Protetora de Menores Desamparados” e “Casa de Meninos Padre Donato” é uma Instituição Civil, de caráter beneficente, fundada em 1948, mantida pela ASSOCIAÇÃO INSTITUTO MISSIONÁRIO do Sagrado Coração, da Província de São Paulo.

Tem como finalidade principal oferecer e desenvolver a educação para o exercício da cidadania e inclusão social de crianças e adolescentes do sexo masculino e feminino, em consonância com a Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), LDB, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), (Estatuto nº. 3). Desde 2001, as Irmãs Religiosas da Congregação das Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração, assumiram administração da Obra.

Até Dezembro do ano 2007, funcionou em regime de Internato (abrigo), atendendo meninos órfãos e em situação de vulnerabilidade humana e social.

Em Janeiro de 2008, passou a funcionar como PROJETO SÓCIO EDUCATIVO DE MEDIDA PROTETIVA, atendendo crianças e adolescentes de 06 anos a 13 anos e onze meses, de ambos os sexos, residentes nos bairros adjacentes da entidade, em horário complementar ao da escola, desenvolvendo atividades de Esporte, Capoeira, Artesanato, Pintura em tela, jogos entre eles: Xadrez, Teatro, Alfabetização Digital, Reforço Escolar, Direcionamento espiritual acompanhamento psicosocial, resgatando a autoestima e promovendo as características pessoais e talentos de cada assistido.

Dessa forma, há um trabalho preventivo e educativo, junto à comunidade, visando tornar uma resposta à preocupação de muitos pais, que podemos resumir com a seguinte pergunta: como fazer para retirar ou evitar que crianças e adolescentes vivam na rua e /ou expostos à vulnerabilidade social, enfrentando problemas de estrutura familiar e correndo o risco de tornarem-se cidadãos sem referenciais equilibrados no meio em que vivem?

A resposta que queremos continuar oferecendo é trabalhar a prevenção e colaborar para que os beneficiados tomem consciência de que a vida é um valor que precisa ser cuidado e procurem dar um rumo diferente construindo um futuro baseado nos valores do amor, da solidariedade e do direito à convivência familiar e comunitária.